segunda-feira, 8 de setembro de 2008

Casa Pia 2 - O Elvas CAD 0

O Casa Pia venceu "O Elvas” CAD por 2-0, em encontro da segunda jornada do campeonato nacional de futebol da III Divisão, decorrido em Lisboa, no Estádio Pina Manique, onde os "azul-e-ouro” puderam marcar a meio dos primeiros 45 minutos e apresentaram um futebol muito vistoso na transposição defesa-ataque. Porém, na segunda parte, o Casa Pia cresceu e acabou por marcar e consumar o triunfo.

No quarto de hora inicial, o jogo foi equilibrado, mas daí para a frente os alentejanos dominaram até à meia hora. Aos 21 minutos, primeira ocasião de golo para "O Elvas”: jogada e centro de Hernandez na esquerda, concluída por um pontapé forte de Lourinho sobre a barra da baliza adversária. Dois minutos depois, mais perigo em jogada de Lourinho pela direita terminada com remate de Mauro prensado num defesa contrário. O último quarto de hora foi mais equilibrado, com os lisboetas e causar algumas dificuldades à defesa elvense. Mas, no período de compensação, Toni próximo de marcar em óptima posição, num remate sobre as redes adversárias.

O quarto de hora inicial do segundo tempo revelou um conjunto lisboeta mais perigoso, com o meio-campo e a defesa alentejanos em dificuldades. Aos 60 minutos, grande defesa de Godinho evitou o golo inaugural do jogo. O Casa Pia cresceu a partir do quarto de hora da segunda parte e os lisboetas marcaram ao minuto 72, num lance em que as dúvidas são grandes: Godinho defendeu a bola, aparentemente fora da baliza, mas o assistente validou o golo, num lance em que a bola ainda passou por Eduardo.

Nos últimos 20 minutos de jogo, os alentejanos ainda tentaram igualar, mas o que sobrou em coração faltou em cabeça e pernas. Até porque, já sem Glaedson e Toni, os jogadores que entraram (Eduardo e Jaco) não estiveram felizes. Na compensação final de tempo, Mauro desperdiçou enorme possibilidade de igualar e os lisboetas fizeram o segundo. Luís Roquete, o treinador do emblema alentejano, apresentou a equipa seguinte: João Godinho, Bruno, Rui Santos, Rogério Chinita (Vasco Malhado aos 78) e Hernandez; Nuno Carranca, Carapinha, Lourinho e Glaedson (Eduardo aos 57); Mauro e Toni (Jaco aos 68).

3 comentários:

Anónimo disse...

Sem comentários às imbecilidades do costume (Toni e Glaedson) outra vez? Não há santo que aguente!!! Sai Glaedson, entra o primeiro golo...
Sai Toni e Chinita, entra o segundo...
Vai continuar assim? Ou precisa de vitaminas para lhe avivar a memória?

Anónimo disse...

concordo com tigo anonimo sera que o roquete e sego.
o nao percebe nada de bola.

scottish disse...

Parece-me que as correcções na estrutura da equipa verificadas em Castelo Branco, que a Tribo assistiu e elogiou, foram esquecidas contra o Casa Pia e "O Elvas" voltou a perder.
Comento o jogo pela noticia da RE colocada no nosso Blog pelo Fly já que não estive em Pina Manique, mas já são muitas vezes a tocar nas más decisões do nosso treinador.
Indiscutivelmente temos uma boa equipa, que manteve a base do ano passado, reforçada com jogadores que poderão ajudar no objectivo, bem definido pelo Presidente, da subida.
Se todos sabemos que o plantel tem qualidade para alcançar este objectivo, então quais são as dificuldades em gerir a equipa?
O nosso treinador tem de ler estes e outros comentários e fazer a necessária análise ao seu trabalho, não na preparação da equipa, mas sim na condução d'"O Elvas" nos jogos.
Abraço do tamanho do mundo aos Tribalistas