quarta-feira, 15 de outubro de 2008

Algo vai mal na equipa de "O Elvas"...

Afinal o que vai mal??…

Penso que após ler os comentários, dos últimos posts em que se fala sobre os resultados confrangedores que o Elvas tem atingido, se consegue chegar facilmente a uma conclusão, alguma coisa vai mal dentro do Elvas.

Já não é possível disfarçar, após seis jornadas a equipa de O Elvas encontra-se na 11ª posição com a pior defesa na sua série com 12 golos sofridos, o que dá uma média de dois golos sofridos por jogo, e a sofrer golos desta forma dificilmente se poderão atingir os objectivos traçados no início da época.

A equipa base que “O Elvas” tinha na época passada foi praticamente mantida, havendo no entanto duas alterações de vulto, a saída de Agnaldo e de José Soares. Se no caso de Agnaldo a posição foi bem preenchida com a aquisição do guarda-redes João Godinho do Oriental, já no tocante à posição de central a sua posição não terá sido tão bem preenchida.

A confusão residirá principalmente nesta zona nevrálgica do terreno, a defesa, a equipa apresentada por José Roquete tem ido mudando, não se entendendo muito bem qual a coerência para a colocação dos jogadores em determinadas posições. Torna-se ainda mais estranho quando ao fim de 13 jogos, (5 de pré-temporada + 2 Taça de Portugal + 6 Campeonato III divisão) ainda não existe da parte do treinador o conhecimento de quais as posições em que os jogadores rendem mais.

Além disso continuam a subsistir as dúvidas do porquê de certos jogadores que poderiam dar um bom contributo à equipa permanecerem no banco, tal como se viu contra o Cartaxo quando procedeu à entrada de Jacó, ou então as substituições “estranhas” como no passado fim de semana quando fez sair Toni Vidigal para entrar Glaedson (porque é que estava no banco?), a 15 minutos do fim e com a equipa a perder 1-0.

Enfim, poderá ser ainda cedo para tirar conclusões, mas com os resultados que temos visto até ao momento, adivinham-se tempos difíceis para a equipa de “O Elvas”.

O que acham vocês? Será a equipa que corre menos? Será mau posicionamento dos jogadores em campo? Serão más opções do treinador no 11? Ou não é nada disto?

Saudações tribalistas

2 comentários:

aaac.blogs.sapo.pt disse...

Quanto a mim existem várias situações, a fundamental é a do defesa central quem já estava na altura de jogarem como fizeram o ano passado durante grande parte da temporada Rui Santos e F.Roque, tem-se notado a falta do André como trinco, obrigando o Nuno Carranca a fazer essa função quando na época passada jogava descaido para a direita, outra situação que pesa bastante tem sido a pouca utilização de Glaedson, mesmo jogando de inicio é sempre substituido cedo demais, e a juntar a tudo isto tem sido a fase menos boa de Toni e Mauro principalmente do segundo que tem estado a mal com o golo, mas apesar de tudo isto um candidato a subir tem que estar preparado para todas as contrariedades que possam surgir.

A equipa não joga mau futebol aliás como se viu na segunda parte diante do Cartaxo, o problema quanto a mim reside na maneira de defender que os numeros comprovam tem sido má, muito má.

Mas há que continuar a trabalhar para sair desta situação o mais rápido possivel, falou-se ontem que o importante era estar nos primeiros 6 lugares no fim desta fase, é um facto mas não com muitos pontos de diferença porque senão é quase impossivel lutar-se pelo 2 lugares que dão promoção, se bem se lembram foi o que aconteceu o ano passado ao Igreja a Nova e também ao At.Cacém que cedo deixaram de poder aceder aos 2 lugares cimeiros.

Mas claro isto é apenas a minha opinião e continuo a acreditar que é possivel.

Badji disse...

Poderão existir várias situações que possam ser apontadas como responsáveis por este inicio de campeonato abaixo das expectativas, mas continuo a pensar que o mais importante para o CAD é estar presente nos primeiros 6, isto porque me parece, que esta série vai ser muito disputada e não existirão certamente grandes diferenças pontuais entre os primeiros.

Cpts.
Badji