segunda-feira, 6 de outubro de 2008

O Elvas - SL Cartaxo

E à 5ª jornada aí está a segunda vitória, no jogo disputado no último domingo no campo Patalino, O Elvas efectuou um jogo com duas partes bastante diferentes, uma primeira parte mal jogada, na qual o Cartaxo conseguiu chegar à vantagem mercê de um grande penalidade, e a segunda parte na qual a equipa da casa já efectuou algumas jogadas de bom corte, conseguindo dar a volta ao marcador em 3 minutos.

O Elvas entrava em campo à procura dos primeiros pontos em casa, e tentou desde o início encostar o Cartaxo lá atrás, mas a falta de entrosamento nas movimentações levava a que as jogadas não tivessem conclusão, sendo poucas as jogadas de perigo real criadas, de destacar uma jogada de Lourinho que surge isolado a entrar pelo lado direito da área, mas perdeu muito tempo não conseguindo efectuar o remate nem o passe para um colega.

A meio da primeira parte uma jogada duvidosa na área do Cartaxo, na qual ficamos com a ideia de Mauro ter sido travado em falta, o árbitro não interpretou assim, mas iria considerar penalti no minuto 42, quando após uma jogada de ataque do Cartaxo considerou que a bola tinha sido cortada de forma faltosa com a mão. A correspondente penalidade seria convertida por Marmelo no 0-1, resultado com que se iria chegar ao intervalo.

Na segunda parte O Elvas entrou com outra atitude, obrigando o Cartaxo a recuar muito, com uma pressão alta que dava pouco espaço para as saídas dos forasteiros. Após uma série de cantos perigosos, nos quais se adivinhava o golo do empate, seria o defesa Rui Santos a responder a uma defesa do guarda-redes do Cartaxo para empatar a partida no minuto 12.

Três minutos depois, e na sequência de uma excelente jogada d'O Elvas pelo lado direito, com uma série de passes ao primeiro toque, a equipa da casa iria chegar ao empate através de Toni Vidigal, a corresponder da melhor forma a um cruzamento de Lourinho.

Estava assim dada a volta no marcador, e O Elvas ainda teria mais hipóteses para dilatar a vantagem, mas por manifesta falta de sorte em certas ocasiões, e noutras graças à boa exibição do guarda-redes Peter do Cartaxo, o resultado já não iria sofrer alteração.

O Elvas amealha assim mais 3 pontos merecidos, embora se continue a notar uma irregularidade exibicional. Esperemos assim, que o bom futebol exibido na segunda parte seja mantido nas próximas jornadas, para permitir a subida a lugares que estejam mais de acordo com a qualidade do plantel.

Comentário da RadioElvas :

"O Elvas” jogou bem na primeira parte e não marcou, tendo a contrariedade de um penalti contra marcado pelo Cartaxo, Marmelo concretizou aos 42 minutos, enquanto na area dos ribatejanos uma falta sobre Mauro não mereceu o mesmo critério por parte do juiz eborense.
Na segunda parte, os elvenses deram a volta ao marcador em três minutos e a seguir falharam uma serie de ocasiões para dilatar o marcador esta tarde. Aos 12 minutos da etapa complementar o defesa Rui Santos e aos 15 minutos, o capitão Toni Vidigal marcaram para os azul e oiro.
A outra equipa do distrito de Portalegre, o FC Crato perdeu por 1-0 na ilha de Porto Santo, com o Portosantense.
5ª Jornada, resultados:
Cacém, 3-Câmara de Lobos, 4; Futebol Benfica, 1-Sintrense, 1; O Elvas, 2-Cartaxo, 1; Rio Maior, 1- Igreja Nova,1; 1º Dezembro, 0- Casa Pia,3; Portosantense,1-Crato,0 e Camacha,6-Machico,1.
Classificação:
1 Camacha 11 pontos; 2 Igreja Nova 9; 3 Câmara de Lobos 8; 4 Casa Pia 8; 5 1º Dezembro 8; 6 Atlético do Cacém 8; 7 Portosantense 7; 8 Rio Maior 6; 9 Futebol Benfica 6; 10 O Elvas 6; 11 Cartaxo 5; 12 Machico 5; 13 FC Crato 3; 14 Sintrense 2 pontos.

5 comentários:

scottish disse...

Segunda vitória e exibição, em especial na segunda parte, a deixar bom sabor de boca aos adeptos.
Estou de acordo com a apreciação, e sublinho a subida de redimento d'"O Elvas" na etapa complementar.
Pressão alta não permitindo ao Cartaxo quase pensar no ataque, e bom toque de bola, com aberturas rápidas em especial para Lourinho.
Nota mais para dois jogadores, que encheram o campo na segunda parte. Os Carranca, Nuno e Eduardo, destacaram pela intensidade posta no jogo, algo que tem faltado ao meio campo azul-e-ouro.
Espero sinceramente que a boa imagem da segunda parte continue, e a evolução da equipa seja cada vez mais notória.
NOTA IMPORTANTE: "O Elvas" muito deve ao apoio dado pela Tribo ao longo do jogo. Não com cânticos, mas com apoio directo aos jogadores, que tenho a certeza muito agradecem.
Coitado do Guarda-Redes do Cartaxo... Houve muita "pressão" da Tribo, de uma forma simpática e apreciada pelo próprio Peter, que permitiu a reviravolta no marcador.
Abraço do tamanho do Mundo a todos os Tribalistas.
P.S. - Toca a dar os Parabéns ao Badji, pois hoje dia 06/10 foi Pai pela segunda vez. A Leonor nasceu.
Mais uma Tribalista :-)
PARABÉNS BADJI!

dj_fly disse...

Alguém me explica quem é o Peter?

De resto...imagino...a turma deve ter estado "insuportável"! Eheheheheheh!

Um abraço a todos os Tribalistas!!!

scottish disse...

Fly, o Peter era o Guarda-Redes do Cartaxo!
Depois de tanto "massacre" até foi um tipo porreiro e com espirito!
No final veio ter conosco e até nos disse que tinha feito a tropa em Elvas :-)

dj_fly disse...

Ehehehehehehehe!!! Pois...eu bem tinha pra mim, que vocês andaram a massacrar o juízo a alguém. Calhou ao GR! Enfim! Mas há tipos que realmente são bons desportistas, e vê-se pelo bom carácter e fair play.

Elvascidade disse...

Estamos no bom caminho. Por fim parece que começamos a arrancar. Força Elvas. Espero pelo barulho das claques tal como no ano passado.