quarta-feira, 20 de agosto de 2008

A opinião de... Badji

O burro sou eu?

Confirmado que foi a calendarização dos campeonatos nacionais organizados pela Federação Portuguesa de Futebol, estes, evidenciaram uma vez mais a podridão e burrice que existe no futebol português.

Como se pode aceitar que sejam disputados campeonatos nos moldes que foram disputados na temporada passada?; Como se explica a um adepto que apoiou a sua equipa durante a época regular, ficando em segundo e ao disputar uma fase de subida com equipas que não se interessam pelos resultados, acabem por não poder festejar a subida?; e não me refiro apenas ao Elvas CAD, refiro-me a Vieira, Ad. Oliveirense, Ac. Viseu, Unhais da Serra e Barreirense que juntamente com o Elvas CAD, foram 1º ou 2ºs classificados na fase regular (todos contra todos) nas séries respectivas, e que acabaram por não subir de divisão graças à competição extra inventada pelos nossos “Dirigentes”.

Se repararam refiro seis equipas por coincidência. A 3ª divisão conta com 6 séries mais a série Açores. Logo na fase regular o 2º e no caso do Vieira e Ad. Oliveirense (ficaram em 1º lugar) não festejou a subida, pior ainda, o caso do Ol. Moscavide que após a realização da fase regular da 2ª B e fase de subida termina os 36!!! jogos com apenas 1 (UMA) derrota e como perde a final contra o Sp. Covilhã acaba por manter-se na 2ª B. Penso que este molde está “Ferido de Morte” e só num país de 3ª divisão se podem aceitar estes regulamentos.

Neste mesmo país já não vai faltando muito por ver, pois um Presidente de um clube castigado pela prática de crimes de tentativa de corrupção senta-se na Tribuna de uma Taça organizada pela FPF, sinceramente digam-me lá:

O burro sou eu?

P.S. Bom jogo para início de época pelo menos dentro das 4 linhas, o Futebol dá esperança, parabéns Sporting e Porto pelo espectáculo de sábado já tínhamos saudades do verdadeiro futebol, já chega de novelas de verão.
(Artigo de opinião da responsabilidade de "Badji")

1 comentário:

scottish disse...

Só posso concordar contigo.
Realmente a calendarização apresentada pela FPF deixa muito a desejar para a evolução do futebol português em categorias inferiores!
Só mesmo num país de 3ª divisão se vêm coisas destas.
Sobre a presença do Pinto da Costa, no mínimo é caricata, para não dizer que foi um verdadeiro atentado à verdade desportiva!
E mais! Uma final de Supertaça organizada pela FPF não estiveram presentes nem o Presidente nem o Seleccionador Nacional. Andamos a fazer o que?
Há coisas que não entendo, ou talvez não seja para entender...
É o futebol que temos...